Notícias de Política

ATRASADO – Sem projetos para o futuro, deputado Lebrão força estudantes de RO a reverenciar Império

A primeira cerimônia está prevista para o dua 1 de agosto, às 8h, na escola estadual Branca de Neve, em frente ao prédio da Câmara Legislativa. 


Postado em 11/06/2018 às 11h23min

ATRASADO – Sem projetos para o futuro, deputado Lebrão força estudantes de RO a reverenciar Império

Vivendo em uma época onde as ações politicas estão atentamente sob olhar da mídia e da comunidade através da facilidade do fluxo de informações das redes sociais, detentores de cargos públicos estão cada vez mais ligados nos projetos apresentados, já que o trabalho por eles desempenhados precisam estar em sintonia com os anseios da comunidade.

No estado de Rondônia, o deputado Lebrão (PMDB), parece não ter muitos problemas para sanar ou fiscalizar, entre outras atividades pertinentes ao cargo, já que destacou uma boa parte de seu horário de trabalho para elaborar e aprovar um Projeto de Lei que obriga as escolas dentro do estado à hastear a bandeira nacional utilizada no período do Império, regime político que durou entre os anos de 1822 a 1889.

Nessa época, de acordo com os acervos históricos, o Brasil era regido em um sistema político ao qual a família imperial descendente da monarquia portuguesa dava as ordens e vivia luxuosamente sob os encargos de pesados tributos e muita violência contra qualquer grupo que levantasse pedindo democracia.

O império acabou com o a família do Imperador sendo convidada a se retirar do Brasil e a partir desse momento se instalou o sistema presidencialista, que posteriormente se transformou no modelo político vivido atualmente, ao qual o deputado Lebrão faz parte e foi eleito.

Porém, para Lebrão e maioria dos deputados da casa, ao invés de projetos pensando na modernização das escolas, ou na estruturação de centros de pesquisas, ou até mesmo no aumento da oportunidade de bolsas e estágios para os jovens estudantes, obrigar os alunos à prestarem reverência à algo que sequer existe dentro da república é assunto de primeira ordem.

Uma clara demonstração de desperdício do tempo e dinheiro do contribuinte, que paga altos impostos estaduais para que os legisladores revertam isso em medidas eficazes que garantam seu bem estar e qualidade de vida.

A primeira cerimônia está prevista para o dua 1 de agosto, às 8h, na escola estadual Branca de Neve, em frente ao prédio da Câmara Legislativa.

Fonte: JH Notícias

 



MAIS NOTÍCIAS DE Política