Search
Close this search box.

Coronavírus já infectou quase 300 servidores da segurança pública de Rondônia

PM tem mais de 140 positivados pra Covid-19 e é a corporação com mais casos. Dados são da Sesau.
Publicidade

Quase 300 profissionais da segurança pública de Rondônia já foram infectados pelo novo coronavírus, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) disponíveis até esta sexta-feira (12).

O maior número de infectados está na Polícia Militar (PM): são 142. Já a Polícia Penal contabiliza 72 profissionais com a Covid-19.

Publicidade

Segundo a Sesau, o Corpo de Bombeiros tem 41 casos de coronavírus entre os servidores e 39 na Polícia Civil, sendo a corporação com menor número de infectados. O setor de perícia é o único sem servidor positivado com o vírus.

Profissionais já recuperados

Dos 142 PM’s que já contraíram a Covid em Rondônia, 74 estão curados. Nos Bombeiros, 25 servidores já se recuperaram do coronavírus.

A Sesau também diz que outros 17 agentes da Polícia Penal estão curados. Na Polícia Civil, a recuperação chegou a 15 policiais.

Casos suspeitos

Além de ter o maior número de casos já confirmados, a PM também tem o maior número de profissionais com a suspeita da doença: 145. Na Polícia Penal há 95 agentes de Rondônia com sintomas e suspeita da Covid-19.

No Corpo de Bombeiros, até esta sexta-feira, 15 profissionais estão afastados por estarem com suspeita do coronavírus. Há 37 casos suspeitos na Polícia Civil do estado e 3 na Perícia.

Óbitos

A Polícia Civil é a instituição de segurança do estado com mais óbitos de servidores. Dois policiais já morreram em decorrência da Covid-19. Uma das vítimas é Dionísio Ferreira Lopes, de Guajará-Mirim, que morreu na noite de sábado (6).

A PM tem uma morte por coronavírus, a do cabo Adriano Rogério Dias Lima, de 40 anos. Ele faleceu também no sábado, dia 6 de junho, em Porto Velho.

Cabo da PM faleceu no último fim de semana em Porto Velho — Foto: PM/Divulgação

Cabo da PM faleceu no último fim de semana em Porto Velho

Na Polícia Penal há uma morte decorrente da doença, a da agente Laudicéia Bezerra Siqueira Campos, de 34 anos. Ela faleceu no dia 2 de junho, em Porto Velho.

Policial penal Laudicéia Bezerra Siqueira Campos morreu vítima de Covid-19, diz Singeperon.  — Foto: Reprodução/Redes sociais

Policial penal Laudicéia Bezerra Siqueira Campos morreu vítima de Covid-19.

Anúncie no JH Notícias