Search
Close this search box.

Cartórios são alvos de mandados de busca durante operação da PF

No total, foram expedidos 10 mandados de busca e apreensão, além de um mandado de prisão, expedidos pela Vara Única de Aripuanã (MT).
Publicidade

Na manhã desta terça-feira (14), a Polícia Federal deflagrou a Operação Testa de Ferro, visando desarticular grupo criminoso, especializado na prática de crimes ambientais. Mandados de busca foram cumpridos em cartórios suspeitos de terem auxiliado na prática das fraudes.

No total, foram expedidos 10 mandados de busca e apreensão, além de um mandado de prisão, expedidos pela Vara Única de Aripuanã (MT). Em Rondônia, os mandados de busca foram cumpridos nas cidades de Espigão do Oeste e Vilhena. Cautelares também foram expedidas para serem cumpridas em dois municípios do Estado do Mato Grosso, em e Juína e Cuiabá.

Publicidade

Dois cartórios, investigados pela Polícia, suspeitos de terem auxiliado os criminosos na prática de fraude, foram alvos de busca e apreensão.

As investigações apontaram que madeireiras foram colocadas em nome de interpostas pessoas, bem como de pessoa aparentemente inexistente, mediante a falsificação de assinaturas. Contas bancárias de “laranjas” também eram utilizadas para movimentar valores ligados à madeireira.

Através de representação da Polícia Federal foi determinado judicialmente à suspensão cautelar das atividades da madeireira, bem como o sequestro de bens.Os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa, lavagem de capitais e falsificação de documento público.

Anúncie no JH Notícias